Nova série de TV “O Senhor dos Anéis” produzida pela Amazon

Fellpwship of the ring

Esta semana ficou um pouco mais agitada para os amantes da Terra-média. Já em plena segunda-feira (13), ficamos sabendo que foi firmado um acordo multimilionário para a produção de uma série de TV baseada em O Senhor dos Anéis.

Não se sabe muita coisa ainda, mas hoje preparamos um vídeo com algumas informações do que já sabemos e com algumas hipóteses do que pode acontecer. Confira o vídeo na íntegra aqui.

Assim como a Netflix, a Amazon possui um serviço de streaming: o Amazon Prime. Ou seja, uma plataforma que dá acesso, via internet, à sua programação audiovisual – desde que você pague pela assinatura do serviço.

Sabemos, pela declaração da israelense Sharon Tal Yguado, a representante da parte de séries da Amazon, que a Tolkien Estate está envolvida no projeto, bem como a editora britânica HarperCollins, que é a editora oficial de Tolkien:

O Senhor dos Anéis é um fenômeno cultural que capturou a imaginação de gerações de fãs pela literatura e na telona“. “Estamos honrados de trabalhar com o Tolkien Estate, [editora] HarperCollins e [o estúdio] New Line nessa animadora colaboração para a televisão, e estamos ansiosos em levar os fãs de O Senhor dos Anéis para uma nova jornada épica na Terra-média.

Sharon Tal YguadoSharon Tal Yguado, representante da Amazon

A Tolkien Estate é a entidade legalmente responsável pelos direitos sobre as obras de J. R. R. Tolkien. Contudo, ela não tem mais direitos de adaptação sobre O Hobbit e O Senhor dos Anéis, pois estes já foram vendidos pelo Professor Tolkien ainda em vida. De acordo com o contrato de venda desses direitos da época, apenas uma porcentagem do lucro com adaptações é repassada para a Tolkien Estate.

É aí que as coisas não ficam tão claras para nós. Ora, se os direitos já tinham sido vendidos, qual a necessidade de os produtores buscarem trabalhar com a Tolkien Estate? No vídeo, o Sérgio Ramos levanta algumas hipóteses, não deixem de conferir.

Mas, segundo foi repassado no comunicado oficial da Amazon, “a adaptação televisiva irá explorar novas tramas antecedendo A Sociedade do Anel, de J.R.R. Tolkien“.

Provavelmente, não é a intenção deles adaptar novamente O Hobbit, que ganhou, não faz muito tempo, uma adaptação nas telas do cinema (2012-2014). Mas claro que, nos 60 anos que dividem a aventura de Bilbo Bolseiro e a de seu parente Frodo, muita coisa aconteceu na Terra-média: são mostrados vários vislumbres desses acontecimentos não só nas falas dos diversos personagens no enredo de O Senhor dos Anéis, mas também em seus apêndices.

Sharon afirmou que a New Line Cinema – braço da Warner Bros que deu vida nas telonas para O Senhor dos Anéis e O Hobbit – também faz parte do projeto. Então, como a própria New Line produziu a adaptação dos dois principais livros no cinema, provavelmente, podemos esperar que eles queiram contar o que aconteceu entre as duas trilogias.

Não deixe de conferir o vídeo na íntegra com várias sugestões do que pode ser adaptado. Tem muita coisa para mostrar sobre o final da Segunda Era e começo da Terceira.

Qualidade e essência da obra

Uma preocupação que fica entre os leitores mais cativos da obra do Professor, é sobre a qualidade dessas adaptações e se elas preservariam a essência dos escritos de J. R. R. Tolkien.

O pouco que temos de informações, no entanto, nos traz sinais de esperança de que é possível que esse cuidado seja levado em alta conta.  Matt Galsor, representante da Tolkien Estate, declarou:

Estamos encantados que a Amazon, e seu longo compromisso com a literatura, seja a casa da primeira série de TV multitemporada de O Senhor dos Anéis“. “Sharon e a equipe da Amazon Studios têm ideias excepcionais de trazer, para as telas, as histórias não exploradas anteriormente, com base nas escritas originais de J. R. R. Tolkien.

Como sabemos o quanto a Tolkien Estate é exigente em relação ao material tolkieniano e o quanto ela detesta deturpações na essência da obra escrita por Tolkien essa declaração nos deixa realmente um pouco mais aliviados.

Ainda assim, o envolvimento da Tolkien Estate nos intriga. Os Apêndices já fazem parte de O Senhor dos Anéis, e os direitos de adaptá-los nas telas já foram vendidos pelo Professor, como já afirmamos aqui anteriormente. Viria então uma adaptação de ao menos parte de O Silmarillion?

Sabemos que ficou acordada também a possibilidade de mais uma série spin-off dessa, ou seja, uma derivação dela. Esta pode ser tanto uma expansão desses fatos que estão nos Apêndices, quanto outra coisa completamente diferente – como, talvez, fatos dos Dias Antigos.

Ainda temos poucas informações, mas algumas são bem animadoras. O maior receio dos fãs de Tolkien é que a série deturpe o que está no livro. Foi mais ou menos o que aconteceu com a trilogia cinematográfica de O Hobbit, que tem seus méritos, mas segundo a maioria das pessoas, desviou demais da espinha dorsal do livro.

Nós do Tolkien Talk não somos contra reproduções das obras de Tolkien em outras plataformas e entendemos perfeitamente que adaptação não é uma literalidade. Mas o que se espera é que o espírito da obra, o seu cerne principal, a essência, não seja deixada em segundo lugar para beneficiar o mercado consumidor.

Ainda não foram divulgadas as datas de quando começarão as filmagens e nem a estreia, nem quem fará parte do elenco. Mas nós estamos abertos a novas possibilidades.

Saída de Christopher Tolkien da Tolkien Estate

Além da notícia da nova série que está por aí, essa semana também veio à tona que Christopher Tolkien, filho de J. R. R. Tolkien e herdeiro dos direitos do autor, renunciou ao cargo de diretor da Tolkien Society. Ao que tudo indica, essa foi uma decisão que ele fez sem desejar fazer alarde algum pois sua renúncia se deu em 31 de agosto deste ano, e só ontem (15) que foi anunciado no site da Tolkien Society a sua saída.

O ocorrido não é uma surpresa total, já que ele mesmo assumiu no Prefácio de Beren and Lúthien que já está em idade avançada demais para continuar. Mas o que nos preocupa é que, pouco mais de um mês dele ter saído, já foi fechado o negócio sobre a produção da série de TV.

Ainda não há motivo para a gente já pensar no fracasso da série, a empolgação continua, mas vamos ficar atentos. O que dá mais tranquilidade é que Baillie Tolkien, a esposa do Christopher, continua no Tolkien Estate, além de Simon Tolkien, o filho do primeiro casamento e Christopher. Inclusive, Simon já deu declarações de que sabe que seu avô não teria aprovado as adaptações de Peter Jackson, ou na verdade, ele não teria aprovado quaisquer adapatações, pois, segundo ele, é difícil para quem cria todo um mundo imaginário aceitar que um intruso possa ir lá e mudar as coisas.

A equipe do Tolkien Talk vai fazer a melhor cobertura possível sobre a série. Daqui para lá, vamos falar de muitas coisas da Terra-média ainda, principalmente no nosso canal do YouTube, sempre pavimentando o caminho e sendo fiéis aos escritos do Professor Tolkien.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias, Série Amazon, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Nova série de TV “O Senhor dos Anéis” produzida pela Amazon

  1. Maravilhosaaaaaaa!!!!!! Uhuhuuuhhhhh

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s